Enfermagem | Faculdade Luciano Feijão

Enfermagem

Curso de Enfermagem da Faculdade Luciano Feijão - FLF

 Apresentação

O currículo proposto para o Curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade Luciano Feijão está de acordo com o que prescrevem as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Enfermagem, Resolução CNE/CES nº 3, de 7 de novembro de 2001, e ao que recomenda as Resoluções nº 350/2005 e 569/2017 do Conselho Nacional de Saúde (CNS).

A proposta está pautada em concepções pedagógicas crítico-reflexivas e filosóficas que valorizam a ética, a humanização e o cuidado integral em enfermagem. Nesse caso, propõe-se um modelo de currículo em regime seriado semestral, com matrículas por disciplina, exceto no primeiro período, que favoreça a indução de processos de ensino-aprendizagem flexíveis, dinâmicos, centrados no estudante, baseado em problemas e na aprendizagem significativa, mediante a adoção de metodologias ativas, e que possibilite a incorporação de uma concepção mais ampliada de saúde.

Tendo como objetivo formar o enfermeiro(a) dotado de conhecimentos, habilidades e atitudes, bem como conhecedor(a) da organização do sistema de saúde vigente no país, capaz de atuar com eficiência e compromisso no cuidado em saúde, o Curso de Enfermagem da FLF está pautado nas mais atuais estratégias pedagógicas destinadas à formação em saúde, atento a seu dinamismo e a velocidade das transformações no cenário da formação de profissionais para a saúde.

Destarte, habilita o profissional para o exercício da profissão quanto às prerrogativas éticas e legais do Bacharelado em Enfermagem em consonância com a legislação vigente.

Objetivo Geral

Formar o enfermeiro(a) dotado de conhecimentos, habilidades e atitudes, bem como conhecedor(a) da organização do sistema de saúde vigente no país, capaz, assim, de atuar com eficiência e compromisso no cuidado em saúde visando melhores condições de saúde para a população.

Objetivos Específicos

  • Possibilitar a formação integral do enfermeiro comprometido com a realidade sócio regional.
  • Formar um enfermeiro apto a desempenhar as suas funções de maneira a atender as aspirações de uma sociedade em constante transformação e ser capaz de compreender a saúde de modo integral.
  • Formar um enfermeiro que entenda ser o objetivo final da atuação do enfermeiro o “Homem”, com todos os seus valores, crenças e aspirações, com uma compreensão mais completa da complexidade do ser humano, bem como no entendimento integral do próprio papel do enfermeiro.
  • Propiciar um ambiente adequado para o desenvolvimento e a maturação das características pessoais positivas e de atitude de valores humanísticos necessários a uma profissão que lida, primordialmente, com problemas de pessoas/comunidades e que tenta resolvê-los pelo trabalho multidisciplinar tendo como beneficiários os indivíduos e a comunidade, promovendo a saúde de todos.
  • Transmitir aos estudantes os fundamentos das ciências biológicas e psicossociais como base para a compreensão das ciências da enfermagem, integrando os conteúdos básicos e profissionalizantes.
  • Propiciar oportunidades de aprendizado em todas as áreas de atuação do enfermeiro, com a compreensão dos princípios do SUS, da hierarquização e descentralização dos serviços de saúde.
  • Propiciar maiores oportunidades de trabalho dos estudantes com os pacientes, em ambientes menos complexos e menos especializados (na própria casa dos familiares, nas unidades básicas de saúde, entre outros), para que eles possam aprender-fazendo.
  • Vincular o ensino à Atenção Primária à Saúde, com atuação na rede básica de saúde, permitindo através do ensino na comunidade, a reflexão sobre as condições de vida da população e o significado do trabalho do enfermeiro.
  • Propiciar oportunidades de vivenciar os serviços de referência da atenção básica (serviços secundários e terciários) compreendendo os graus de especialização requeridos, decorrentes das necessidades de saúde identificadas nas unidades de saúde da família do município.
  • Aproximar de maneira efetiva o ensino de graduação com os serviços de saúde na região de abrangência da Faculdade Luciano Feijão.
  • Oferecer oportunidades mais frequentes de aprendizado e de contato com áreas mais específicas de conhecimento e de prática de enfermagem por meio de atividades de pesquisa integrada ao ensino, envolvendo os Profissionais de Saúde dos serviços conveniados, professores, estudantes e comunidade.
  • Garantir a formação de profissionais com autonomia, discernimento e capacidade reflexiva/crítica para assegurar a integralidade da atenção, qualidade e humanização do atendimento prestado aos indivíduos, famílias e comunidades.
  • Formar um enfermeiro com competência técnico científico – humanista, respeitando os preceitos éticos, contribuindo para a assistência integral à saúde da população.
  • Participar da produção e divulgação do conhecimento da Enfermagem e da área de saúde por meio de seu corpo docente e discente.
  • Contribuir para a qualidade da atenção à saúde da população por meio da integração do ensino/serviço.
  • Propiciar a formação de um enfermeiro capaz de saber lidar com a diversidade de comportamentos, de crenças e ideias, reconhecendo o direito das famílias e do paciente.
  • Promover estilos de vida saudáveis, mediante o trabalho junto a indivíduos e grupos de risco na proteção à saúde e prevenção de doenças físicas e mentais.

Estrutura do Curso

  • Duração do Curso: 10 (dez) semestres
  • Turno: Matutino
  • Carga Horária:
    Componentes curriculares: 3.120h
    Atividades Complementares: 120h
    Internato (Estágio Supervisionado): 820h
    Total:  4.060h
  • Vagas: 200 vagas anuais
  • Grau: Bacharel

Perfil do Egresso

Enfermeiro, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, com a qualificação para o exercício de Enfermagem, com base no rigor científico e intelectual e pautado em princípios éticos.

Ser capaz de conhecer e intervir sobre os problemas/situações de saúde-doença mais prevalentes no perfil epidemiológico nacional, com ênfase na sua região de atuação, identificando as dimensões biopsicossociais dos seus determinantes.

Capacitado a atuar, com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano.

Laboratórios

O Curso de Enfermagem da Faculdade Luciano Feijão dispõe de três Laboratórios Didáticos especializados e um Laboratório de Informática, integrados às atividades de aprendizagem do currículo do curso bacharelado de enfermagem com os equipamentos e materiais necessários para as aulas práticas, a seguir:

  • Laboratório Integrado de Anatomia Humana;
  • Laboratório Integrado de Ciências Biológicas;
  • Laboratório de Bioquímica;
  • Laboratório de Habilidades para o Cuidado em Saúde e de Práticas de Enfermagem;
  • Laboratórios de Informática.

Os laboratórios dispõem de normas e regulamentos, com quantidade de equipamentos adequados aos espaços físicos.

Grade e Corpo Docente

DisciplinaCarga Horária
CICLO DE BASES DA SAÚDE E DA ENFERMAGEM
1º SEMESTRE
Bases históricas do exercício da enfermagem40
Aspectos éticos, humanísticos, sociológicos e antropológicos na formação do enfermeiro I40
Anatomia Humana100
Ciências biológicas e da saúde I80
Sistemas e Políticas de Saúde I60
Vigilância em Saúde I80
 
2º SEMESTRE
Bases teóricas e metodológicas das práticas de Enfermagem I40
Aspectos éticos, humanísticos, sociológicos e antropológicos na formação do enfermeiro II40
Anatomia Funcional100
Ciências biológicas e da saúde II80
Sistemas e Políticas de Saúde II60
Vigilância em Saúde II80
 
 
3º SEMESTRE
Bases teóricas e metodológicas das práticas de Enfermagem II40
Aspectos éticos, humanísticos, sociológicos e antropológicos na formação do enfermeiro III40
Bioestatística40
Ciências biológicas e da saúde III60
Sistemas e Políticas de Saúde III60
Vigilância em Saúde III60
Informática aplicada à Saúde40
 
4º SEMESTRE
Bases metodológicas da pesquisa em saúde e em Enfermagem60
Educação em Saúde40
Bases da Semiologia e da Semiotécnica60
Ciências biológicas e da saúde IV60
Bases farmacológicas aplicadas à Enfermagem60
Nutrição aplicada em Enfermagem40
Eletivo I40
 
CICLO DE PRÁTICAS DA ENFERMAGEM
5º SEMESTRE
Fundamentos da administração de Enfermagem I60
Ensino de Enfermagem40
Semiologia e Semiotécnica I100
Cuidados de Enfermagem à Criança100
Cuidados de Enfermagem ao Adolescente40
Teoria e Prática da Enfermagem na Saúde Mental I40
 
6º SEMESTRE
Fundamentos da administração de Enfermagem II60
Semiologia e Semiotécnica II100
Teoria e Prática da Enfermagem Clínica I100
Teoria e Prática da Enfermagem na Saúde Mental II40
Cuidados de Enfermagem ao Homem40
Eletivo II40
 
 
7º SEMESTRE
Teoria e Prática da Enfermagem na Saúde e Trabalho60
Cuidados de Enfermagem à Mulher I100
Teoria e Prática da Enfermagem Cirúrgica80
Teoria e Prática da Enfermagem Clínica II100
Cuidados de Enfermagem ao Idoso60
 
 
 
8º SEMESTRE
Teoria e Prática da Enfermagem em Urgência e Emergência120
Teoria e Prática da Enfermagem em Terapia Intensiva80
Cuidados de Enfermagem à Mulher II100
Enfermagem em Cuidados Paliativos40
TCC I 40
 
 
 
CICLO DE PRÁTICAS PROFISSIONAIS
9º SEMESTRE
INTERNATO I – Atenção Básica e Atenção Especializada410
TCC II 40
10º SEMESTRE
INTERNATO II – Atenção Terciária410
TCC III 40

Coordenação

Denise Lima Nogueira

Coordenadora
Denise Lima Nogueira

Graduada em Enfermagem pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (2011). Doutoranda em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Ceará (2016). Mestre em Saúde da Família pela Universidade Federal do Ceará (2015). Especialista em Docência na Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2015). Especialista em Preceptoria no SUS pelo Hospital Sírio Libanês (2017). Especialista em Auditoria dos Sistemas e Serviços de Saúde pelo Instituto Superior de Teologia Aplicada (2012). Atua como Coordenadora do Curso de Enfermagem da Faculdade Luciano Feijão (FLF), Coordenadora de Educação Permanente e do Comitê de Ética em Pesquisa envolvendo Seres Humanos da Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Possui experiência na área da Enfermagem e Saúde Coletiva, com ênfase em Avaliação de Programas e Serviços de Saúde, Saúde Materno-Infantil, e Educação e Formação na Saúde.